Arquivofevereiro 2015

Selma: Uma Luta Pela Igualdade

selma

“Preste atenção!”, parece gritar a diretora Ava DuVernay logo no começo de Selma: Uma Luta Pela Igualdade. Fazer suas imagens explodirem (literalmente) em nossa cara nos tira da apatia potencial que envolve assistir a mais uma cinebiografia. Com isso, ela evita o problema mais básico de um filme sobre alguém como Martin Luther King, que é deixar o lado panfletário se tornar maior e mais importante do que o artístico. Leia mais

Cinquenta Tons de Cinza

50-tons

A diretora Sam Taylor-Johnson operou um milagre com sua adaptação de Cinquenta Tons de Cinza. O livro, que é base para a narrativa, é uma versão erótica da Saga Crepúsculo, trocando a fantasia sobrenatural pelo sado-masoquismo, além dos nomes dos personagens e outras situações, evitando assim o processo. Partindo arbitrariamente do princípio de que todos os defeitos sejam uma espécie de herança maldita do material de origem, o resultado é muito melhor do que a encomenda.

Leia mais

Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

_MG_0817.CR2

A palavra de ordem aqui é Legitimidade. Com “l” maiúsculo e tudo mais. Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) é um filme sobre como parte de se sentir um ser humano completo envolve ter um monte de pessoas nos dizendo que somos muito bons naquilo que nos propomos fazer. No caso de Riggan Thomas (Michael Keaton), isso implica produzir, escrever, dirigir e estrelar uma peça da Broadway baseada no complexo e trágico conto What We Talk About When We Talk About Love, de Raymond Carver. Leia mais

Foxcatcher: Uma História Que Chocou o Mundo

FOXCATCHER

O estilo de direção de Bennett Miller se assemelha ao trabalho de um escultor. E todo o trabalho duro que ele destinou à sua mais recente peça se reflete no empenho que nós mesmos precisamos despender enquanto assistimos. Foxcatcher: Uma História Que Chocou o Mundo é o que se chama de obra de fôlego e, como tal, exige esforço para ser compreendida, o que invariavelmente gera uma recompensa ao final. Leia mais